PROJETO REANIMAR

 O Projeto ReaniMar surgiu como uma estratégia de gerenciamento ambiental que objetiva dar protagonismo ao turismo como agente social nas ações de reconstituição ambiental.

A indústria do turismo, diretamente associada a indústria imobiliária, são uma das raras atividades humanas onde a beleza cênica e a preservação ambiental estão diretamente ligadas ao lucro da atividade econômica. Em uma lógica simples, onde, quanto mais bonito a natureza, mais turistas.

. O Projeto ReaniMar tem por objetivo agregar valor financeiro para ações de reconstituição ambiental em ambientes evitando ou reduzindo a migração da atividade exploratória para ambientes ainda preservados. Uma serie de ações são orquestradas pelo Instituto ReaniMar para melhorar o turismo melhorando o meio ambiente natural, via ações de criação de espécies para reintrodução, co-financiamento de projetos cientifico ambientais, melhoramento ecossistêmico com ações de “jardinagem ecológica”, reintrodução de espécies alvo, criações de “santuários naturais” para contemplação turística, sugestões para zoneamento de atividades turísticas, sugestões de formas de interação de comunidades para também lucrar com a preservação.

 O Projeto é uma iniciativa do Dr. Bruno Welter Giraldes do departamento de Meio ambiente da universidade do Catar (Environmental Science Center at Qatar University) juntamente com Daniel de Oliveira um empresário da área do Turismo em Pernambuco e um ativo participante da preservação ambiental e amparado pela AHPG (Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas) que entendendo a relação econômica com a ambiental uniram forças para o desenvolvimento deste novo conceito de gerenciamento ambiental.

 The Project ReaniMar emerged as an environmental management strategy that aims to insert the tourism sector as a social protagonist in the environmental restoration.

The tourism industry chain is directly associated with the real estate industry and both toguether represents a special economic group where the commodity increases with the environmental restoration. Where the profit is directly related with the beauty and conservation of the landscapes and seascapes. In a simple logic where, as more beautiful more tourist is attracted, and more economic value is addresses to the environment.

 The Project ReaniMar aims address economic value to the restoration action, avoiding, or reducing, the traditional migration of the exploitation activity to still protected environments. A series of actions have been organized by the Project ReaniMar and funded by our partners to increase the environmental restoration at the same time that increases the profit of the touristic agents. Actions that include farming target species for reintroduction, co-funding scientific projects, adapting mass tourism for the reduction of impacts, training local guiders for “restoration activities”, manage the creation of sanctuaries for ecosystem restoration, among other economic and environmental strategies.  

  The Project ReaniMar is a management experiment based in a concept designed by

Dr. Bruno Welter Giraldes from the Environmental Science Center at Qatar University in a partnership with the local entrepreneur Daniel de Oliveira, an active enthusiast of the environmental protection in the tourism industry. This project is directly supported and initially sponsored by the AHPG, a social association of hotels that understands the importance of economic and environmental interaction for the development of sustainable tourism in regions with social poverty.

The name ReaniMar is used here as a wordplay meaning “reanimate the sea” because in the Brazilian-Portuguese language “Reanimar” means reanimate and “Mar” means sea.

19-corinne-bourbeillon-by-Steven.jpg
  • Facebook
  • YouTube